Página Inicial

Portugal conquistou o título colectivo no Campeonato da Europa de surf em juniores, que decorreu na praia de Anza, em Marrocos, recuperando um troféu que lhe escapava há 20 anos.

No escalão masculino de sub-18, o pódio foi monopolizado por portugueses, com as restantes medalhas a serem distribuídas por Luís Perloiro (prata) e Jácome Correia (broze). Nos sub-16 masculinos, Salvador Couto foi o único medalhado, com o terceiro lugar, logo seguido de João Vidal, que ficou 'às portas' das medalhas.

No bodyboard, além do ouro nos sub-18 de Miguel Ferreira e Madalena Guerra, David Vedor sagrou-se vice-campeão de sub-16, enquanto André Rodrigues ficou com o bronze.

João Gama, o único surfista de estilo clássico, foi o vice-campeão europeu de longboard no escalão sub18.

"Foi um dia incrível para esta equipa e para o valor deste desporto. Estamos muito orgulhosos destes atletas que deram tudo para chegarem às fases finais deste campeonato e venceram destacadamente", comentou o presidente da Federação Portuguesa de Surf, João Aranha.

Na classificação geral final, Portugal terminou com mais 1.430 pontos que a vice-campeã Espanha.

Para João Aranha, este resultado é "muito importante num momento em que o surf é modalidade olímpica e engrandece o valor do surf em Portugal e no Mundo".

O treinador da equipa nacional, Pedro Simões, considerou que "foram duas semanas incríveis, cheia de ondas boas, bom surf e emoções fortes".

O selecionador nacional, Rui Raimundo, disse que "hoje é um dia histórico para Portugal, exatamente cinco meses depois de nos termos sagrado campeões europeus de futebol em Franca, Portugal sagra-se campeão europeu de surf júnior".

"Este era um título que nos fugia há 20 anos e que nós queríamos muito! Foi um orgulho orientar este grupo de jovens atletas ao longo desta duas semanas! Eles foram gigantes", concluiu Rui Raimundo.

Login Form